Sistemas Apostas Esportivas

(Tips todos os dias actualizadas às 7:30, 9:30 e 11:30*)

*Quando os parametros para a criação de um prognóstico do sistema de apostas se verificarem. Mais explicações em baixo.

Recebe as tips gratuitamente no teu telemóvel no nosso canal de Telegram!



Sistema

Como interpretar a tabela?

  • Bet → Aposta que deves fazer
    • 1 → Aposta na equipa da casa;
    • x → Aposta no empate;
    • 2 → Aposta na equipa visitante;
  • Odds → Quota;
  • Profit after 3955 bets → Lucro após 3955 apostas efectuadas desde o inicio do sistema;
Sistemas Apostas Esportivas
Sistemas Apostas Esportivas

Sistemas de Apostas

Os sistemas de apostas foram criados com recurso a um poderoso algoritmo, que percorrendo a lista de jogos do dia, cria um prognóstico apenas se os todos os parâmetros colocados por um humano se cumprirem.

Estes sistemas fazem tracking de todos os prognósticos que já foram colocados (podemos ver que no sistema acima já foram lançados quase 1500 prognósticos e o sistema continua com lucro), sendo completamente transparente na sua execução e rentabilidade.

Complicado de entender? Vamos por partes:

1- Inserir os parâmetros das odds no algoritmo

A primeira coisa a fazer na criação de um sistema de apostas, é inserir um conjunto de parâmetros, sendo eles:

  • Opening Odds: Refere-se ao valor das odds quando o jogo é aberto para poder ser apostado na casa de apostas. A grande diferença nestas odds, é que não foram influenciadas pelo volume de dinheiro apostado pelos apostadores. Exemplo: Num jogo onde os apostadores apostam todos na mesma equipa para ganhar, as odds vão descendo para essa equipa consoante o volume de apostas nessa equipa.
  • Dropping odds: Refere-se ao primeiro movimento das odds após serem abertas. Tal como explicado em cima, após o jogo ser aberto para poder receber apostas, o volume de apostas em determinada equipa faz com que as odds se movimentem e baixem para a equipa que recebeu um maior volume de apostas, e subam para o empate e a outra equipa.
  • Turning Point: Movimento de odds que troca o favoritismo para um determinado jogo. Exemplo: Uma equipa ser favorita nas openings odds, e depois devido a alguma notícia menos positiva a meio da semana, passar para o underdog do jogo.
  • Odds Range: Intervalo de valores de odds que o tipster quer que o algoritmo considere os prognósticos. Exemplo: Apenas odds entre 1.5 e 2.3.

2- Inserir as ligas que devem ser consideradas

  • Cup Matches: Opção para considerar ou não jogos de taças no algoritmo. Muitas vezes os jogadores podem rodar muito nas taças, pode haver prolongamento ou outra questão que faz de jogos das taças diferentes dos das ligas. O tipster pode escolher que o algoritmo não considere esses jogos na lista do dia.
  • Round: Jornada a que se encontra o campeonato. Muitos tipsters não gostam de apostar nas primeiras cinco jornadas dos campeonatos, então excluem estes jogos para o algoritmo não os considerar para possíveis prognósticos.
  • League Configuration: Nem todas as ligas são iguais. Por exemplo a Liga revelação sub23 é dividida a meio na segunda fase à semelhança da Polaca. Isto pode fazer com que jogos entre equipas a meio da tabela possam ser diferentes na qualificação para as diferentes fases. O algoritmo dá a possibilidade de configurar a liga da forma como ela é jogada.
  • Blacklist Leagues: Escolher Ligas que não devem ser consideradas no algoritmo.
  • Whitelist Leagues: Escolher Ligas que o algoritmo deve considerar para realizar os prognósticos.

3- Seguir os prognósticos criados pelo algoritmo e proceder às alterações necessárias.

Depois de colocados os parâmetros todos, o algoritmo começa a colocar prognósticos cada vez que todos os parâmetros se cumprirem para um determinado jogo numa determinada liga escolhida.

No entanto, é preciso fazer um trabalho de acompanhamento sobre os prognósticos que estão a sair, afinando os parâmetros de modo a que o lucro se mantenha estável e com uma base forte para ir crescendo ao longo das épocas.

Sistemas Apostas Esportivas